Editora Mensagem - Luanda

Não existe em lado nenhum do Mundo - Futuro... sem Educação!

Cultura Africana - E a situação de imoralidade na educação em Angola... e Ubunto!

Eu sou, porque nós somos!

- O que fiz até agora, foi ir colocando o problema da corrupção dos livros escolares em Angola, nos seus aspectos gerais, educacionais e político morais, para fazer despertar na consciência das pessoas e instituições, um problema gravíssimo, que desde há dez anos, se passa em Angola com toda a impunidade e sendo um problema de grandes dimensões sociais e financeiras.

- NINGUÉM ATÉ HOJE VIU OU DEU POR ELA… PORÉM EU JÁ POR DIVERSAS VEZES TORNEI PÚBLICO ESTE FACTO… e denunciei aos Ministérios responsáveis… por várias vezes, ao Ministério da Educação e Indústria. Como é possível isto passar-se desde há 10 anos e nada se fazer em defesa das crianças e do país e ninguém se preocupar, nem questionar? - Com o devido respeito ao Estado Angolano e às suas instituições... como já disse antes....Não posso nem devo deixar de dizer... o que sei e conheço bem por dentro. Pelo que a partir de amanhã, irei passar para a fase das provas documentais...

UMA VERGONHA NACIONAL… e que muito gostaria eu, de me não me ver obrigado a ter de fazer isso. Não irei parar nunca de denunciar até que tenham vergonha! - Porque os interesses das crianças angolanas e o respeito pela importância decisiva da educação a isso me obrigam… bem como os pais - encarregados de educação, e os professores sem condições para ensinar e por respeito pelos angolanos em geral… impelem-me a… agir por ser um agente da educação em Angola, como editor, e cidadão do Mundo e através do meu pequeno contributo, ajudar a reconstruir um novo projecto educacional para Angola, com esta atitude solidária, a exemplo de outras que tive no passado… e que passa por acabar com este estado imoral e lamentável do que se passa na educação... para assim poder-mos ajudar e impor ao Estado Angolano, a tomada de consciência moral, cívica e política, para agir e decidir dos novos rumos na educação que Angola.

As gerações do presente e do futuro assim precisam e exigem!

António Jorge Editor e Livreiro em Angola

 

Cultura Africana 

"Uma sociedade sustentada pelos pilares do respeito e da solidariedade faz parte da essência de ubuntu, filosofia africana que trata da importância das alianças e do relacionamento das pessoas, umas com as outras.

Na tentativa da tradução para o português, ubuntu seria “humanidade para com os outros”. Uma pessoa com ubuntu tem consciência de que é afetada quando seus semelhantes são diminuídos, oprimidos.

– De ubuntu, as pessoas devem saber que o mundo não é uma ilha: “Eu sou porque nós somos”. Eu sou humano, e a natureza humana implica compaixão, partilha, respeito, empatia. Estudiosos costumam referir-se a ubuntu, como uma ética africana “antiga” que vem sendo usada “desde tempos imemoriais”.